sexta-feira, 4 de Julho de 2014

Herdeiros do Ódio - Virginia Andrews - TBR Pile Reading Challenge







É a história de uma família que vive feliz até ao dia em que um acidente rouba a vida ao pai. Numa época em que as senhoras de famílias abastadas não trabalhavam, a mãe de 4 filhos, agora viúva, vê-se obrigada a mudar radicalmente a sua vida para poder sobreviver e criar os filhos. Volta então para casa dos pais, de onde tinha sido expulsa por um pecado cometido, e esconde os 4 filhos num quarto supostamente até convencer o pai de que está arrependida do que fez e ele poder aceitar os netos sem risco de os expulsar.

O que era para durar 2 ou 3 dias acaba por se tornar bastante mais longo. As crianças são tratadas pela avó como diabos concebidos no pecado e, por isso, pecadores. Mudanças radicais acontecem nas atitudes da sua mãe que tão meiga era e as crianças vêm-se obrigadas a defenderem-se e a cuidarem-se umas às outras. Dois deles, um rapaz e uma rapariga, estão no inicio da adolescência e fechados num quarto começam a descobrir os seus corpos não da forma mais "natural".


Opinião:


Este livro foi para mim uma releitura,  já o tinha lido quando foi editado em Portugal pelo Circulo de Leitores, e faz parte da minha estante a muito tempo.
A primeira vez que o li, confesso que fiquei arrepiada face ao terror descrito pela autora,do sofrimento infligido aquela 4 crianças que tinham tudo e não tinham nada.
Passados estes anos , este livro continua a arrepiar- me, um livro muito bem escrito, que consegue-se ler, mas tendo que parar e respirar varias vezes, pois por vezes torna-se muito pesado.
Mas nessa época não consegui seguir a história nos outros livros da série, mas agora tenho curiosidade como continuaram a viver aquela 3 crianças sobreviventes a anos de terror.
Uma autora que sabia escrever como ninguém o terror.

A Ilha - Victoria Hislpo - TBR PILE Reading Challenge







Num momento em que tem que tomar uma decisão que pode mudar a sua vida, Alexis Fieldings está determinada a descobrir o passado da sua mãe. Mas Sofia nunca falou sobre ele, apenas contou que cresceu numa pequena aldeia em Creta antes de se mudar para Londres. Quando Alexis decide visitar Creta, a sua mãe dá-lhe uma carta para entregar a uma velha amiga e promete que através dela, Alexis vai ficar a saber mais. Quando chega a Spinalonga, Alexis fica surpreendida ao descobrir que aquela ilha foi uma antiga colónia de leprosos. E então encontra Fotini e finalmente ouve a história que Sofia escondeu toda a vida: a história da sua bisavó Eleni, das suas filhas e de uma família assolada pela tragédia, pela guerra e pela paixão. Alexis descobre o quão intimamente ligada está àquela ilha e como o segredo os une com tanta firmeza.



Opinião:

Adorei este livro, a sua história, as personagens , e sobretudo o conhecimento de uma doença, a lepra.
Não tinha consciência do que era a lepra, claro que já tinha ouvido falar, mas nunca preocupei-me muito em saber sobre esta doença.Basicamente  sabia que era uma doença que desfigurava as pessoas e que estas eram evitadas e maltratadas pela sociedade.Este livro da-nos em primeira mão o que sentiam essas pessoas e como eram abandonadas á sua sorte,visto que nessa época em que inicia-se a narrativa, ainda não havia cura para esta enfermidade.
Escrita numa maneira simples, a autora conta-nos a vida de 2 mulheres da mesma família que tiveram lepra e como viveram esse tempos, onde viviam isoladas da sua família, sendo enviados para uma comunidade de portadores de lepra, numa ilha,onde viviam uma vida quase idêntica a que viviam nas sua terras, mas com todo o drama que paira sobre eles. E como viviam os seus familiares .

quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Escritos nas Estrelas - Barbara Norton de Matos



No mundo fervilhante dos estúdios televisivos, dos flashes e paparazzi, há uma estrela que só quer ser amada. Entre a quinta em Ponte de Lima e a casa em Cascais, entre o passado e o presente, uma mulher vai descobrir que só o amor é mais forte que o destino. Escrito nas Estrelas é a surpreendente estreia de Bárbara Norton de Matos no romance, uma história de família, traições e equívocos, onde nada é o que parece e só o amor é real.

Carminho não foi uma menina feliz. Era o patinho feio da família, sempre comparada com Piedade, a irmã mais velha, tão deslumbrante como odiosa. E não foi fácil crescer com um pai sempre ausente, que só pensava no ténis e nos torneios, enquanto a mãe se deixava arrastar pela melancolia… Mas tudo isso é passado. O patinho feio tornou-se num cisne, é agora uma estrela da televisão, capa de revista, perseguida por flashes e paparazzi. E vai finalmente estrear-se, como protagonista, numa série histórica - o seu grande sonho. É um mundo quase perfeito.

Quase. Porque a vida está repleta de surpresas e, quando menos esperamos, o amor prega-nos partidas…


Opinião:


Mais um livro de oferta que veio junto com outro livro.
Um livro que se lê rapidamente e que sendo muito simples torna-se agradável de ler.
Um livro que fala sobre a vida que a autora conhece, um mundo glamoroso do cinema, das acrtizes.
Fala da realidade, que as actrizes são pessoas, com sentimentos , que são exploradas pelos meios de comunicação.
E das dúvidas , e problemas comuns a todas nós, que por vezes nos esquecemos , pois pensamos que elas são perfeitas e sem problemas.
Gostei.

Cartas da nossa Paixão - Karen Kingsbury



Um romance belo e sofrido que prova que as histórias de amor merecem o milagre de uma segunda oportunidade.
Ellie Tucker e Nolan Cook são mais do que amigos.Apesar de terem apenas quinze anos, ele repete-lhe constantemente que ela nunca irá encontrar alguém que a ame tanto. Mas uma tragédia familiar obriga Ellie partir subitamente. Na véspera desse dia triste, ela e Nolan sentam-se sob o velho carvalho do parque onde partilharam tantos momentos felizes e escrevem uma carta um ao outro, que enterram numa caixa de metal enferrujado. Combinam regressar exatamente onze anos depois, e lerem em conjunto as duas cartas.
Passaram os anos e os dois nunca mais se encontraram. Ellie tem hoje vinte e seis anos e é mãe solteira, lutando diariamente para sustentar a sua filha. Nolan conseguiu realizar o sonho de se tornar jogador de basquetebol e é uma famosa estrela da NBA. Mas desde o dia em que o pai sucumbiu a um ataque cardíaco, Nolan sofre com a solidão. Afogado num oceano de dor, pensa frequentemente em Ellie, a paixão da adolescência que nunca esqueceu, e na inocência da infância que partilharam.
À medida que se aproxima a data, Ellie e Nolan sonham com o reencontro sob o velho carvalho. Mas será que, onze anos depois, ainda há alguma hipótese de serem felizes?


Opinião:


Mais um livro desta autora que veio parar-me as mãos.
Não sou grande fã desta autora só por um pequeno motivo, a tamanha fé que ela atribui as personagens e segundo parece é algo que a autora também acredita.
Confesso que gostei mais deste livro que o anterior.
Com uma história mais complexa, personagens mais fortes e bem caracterizadas, faz este livro ser muito agradável de ler .

O Primeiro Marido - Laura Dave



Annie Adams está a alguns dias de celebrar o seu 32.º aniversário e pensa que encontrou, finalmente, a felicidade.

Jornalista, escreve uma coluna semanal sobre viagens e passa a vida a explorar os lugares mais exóticos e interessantes do mundo. Vive em Los Angeles com Nick, o namorado com quem já pensa casar, numa relação aparentemente feliz que já conta com cinco anos. Quando Nick chega a casa e a informa de que, «segundo a terapeuta», talvez precisem de «um tempo», Annie fica destroçada.

Perdida num turbilhão de sentimentos, Annie acaba por conhecer Griffin, um charmoso chef, que de imediato a conquista. E em apenas três meses, Annie dá por si casada, a reconstruir a sua vida numa zona rural do Massachusetts.

Mas quando Nick lhe pede uma segunda oportunidade, Annie fica dividida entre o seu marido e o homem com quem ela sente que deveria ter casado.



Opinião:


Um livro encantador.Escrito de uma maneira simples, divertida e cheio de emoções.
Annie vê a sua vida mudar drasticamente, quando o amor da sua vida decide acabar o relacionamento.
Annie  vai começar uma vida nova,depois de conhecer Griffin, e casar-se com ele e vai enfrentar  mudanças na sua vida profissional, vai viver para um local completamente diferente, ela vai entrar num turbilhão de emoções sobre o que é certo ou errado na sua vida.
Gostei .

segunda-feira, 30 de Junho de 2014

Roubada - Lesley Pearse







Ao se aproximar, David percebeu, para seu horror, que era uma mulher. Suas pernas desnudas ainda estavam dentro da água e, quando as ondas chegavam, levantavam a saia do vestido e faziam com que se agitassem. A cabeça não ficou visível até que ele se aproximasse, e David percebeu que ela era jovem, com mais de 20 anos, esguia e bela, e que seu cabelo loiro havia sido cortado de forma descuidada e brutal. —Quem é você?—ele perguntou, abaixando-se ao seu lado nos pedriscos da praia, erguendo-a até que estivesse sentada e apoiada contra seu ombro. David tomou o pulso da mulher. Embora a pele dela estivesse fria como o gelo e muito enrugada por causa da submersão, ele conseguiu sentir uma pulsação leve.” Contrariando todas as expectativas, ela está viva, mas não faz a menor ideia de quem seja. Contudo, quando sua foto é colocada no jornal local, uma antiga companheira de trabalho no cruzeiro que fez pela América do Sul a reconhece. Quando uma bela moça loira foi encontrada desacordada em uma praia, ela não tinha nenhuma lembrança de quem era ou dos horrores pelos quais havia passado antes de chegar ali. A esteticista Dale não via Lotte Wainwright há tempos, mas, para seu pesar, reconheceu sua amiga na foto publicada pela imprensa local em um artigo que noticiava as misteriosas circunstâncias do aparecimento da jovem que, recentemente, havia dado à luz. Após uma longa separação entre Lotte e Dale, uma perigosa sequência de segredos,mentiras e pesadelos tem início. O que aconteceu com Lotte? Alguém queria matá-la? E, o pior, o que acontecera com o bebê a quem dera à luz? Imagine não saber de onde você veio e o que o futuro lhe reserva…


Opinião:

Um mistério que vai sendo revelado numa corrida contra o tempo.
 Lotte aparece numa praia, sem saber o que aconteceu, sofrendo de amnésia, sendo reconhecida por uma antiga colega Dale, que não sabe dela a muito tempo. Tentando ajudar a saber o que aconteceu os seus amigos vão meter-se em problemas, porque um dia Lotte e Dale são raptadas.
Esta narrativa  está escrita a um ritmo alucinante, um contra relógio para encontrar as duas amigas, e que mistério está por detrás do aparecimento de Lotte e o rapto das duas amigas.
Uma história chocante, no estilo da autora , cujas histórias são fortes e chocantes e que nos deixam em suspense.
Muito bom

Dois Anos e uma Eternidade - Karen Kingsbury



Molly Allen vive sozinha em Portland. Na memória guarda os momentos felizes que viveu na livraria A Ponte — a mais antiga livraria no centro histórico de Franklin, com um homem que deixou para trás cinco anos antes. O amor que os uniu era de uma espécie rara, arrebatadora, que ela não voltou a encontrar desde então.
Ryan Kelly é músico e vive em Nashville. Depois de um noivado falhado e de vários anos em digressão, também ele tem dificuldade em reencontrar a felicidade. Por vezes, quando se sente mais solitário, regressa à livraria e recorda as horas que partilhou secretamente com Molly.
Charlie e Donna Barton são os donos da livraria A ponte, e durante quatro décadas partilharam com os clientes o amor pela leitura. Mas quando a cidade é atingida pelas cheias, Charlie entra em desespero. Sente-se prestes a perder as duas paixões da sua vida: a livraria, que construiu e acarinhou ao longo dos anos, e a mulher, Donna, que não mais conseguirá sustentar. Quando a tragédia acontece, leva a um reencontro inesperado entre Molly e Ryan.


Opinião:


Este livrinho veio de oferta com outro que comprei, não conhecia a autora, embora tivesse ouvido falar do seu livro anterior A Ponte. Pelo que sei é uma continuação dessa história, mais de dois personagens desse livro.
Posso dizer que gostei, é um livro que nos fala de segundas oportunidades.
Gostava de ser uma crente como os personagens, gostava que tudo fosse assim simples, admiro as pessoas que acreditam que tudo pode acontecer com a ajuda de um ser que veneram, a ponto de acreditar.
Posso dizer que é uma bonita história e muito pequena , que se lê rapidamente.

Luz na Neve - Anita Shreve

Os acontecimentos daquela tarde de Dezembro, na qual, juntamente com o pai, encontrou um bebé abandonado na neve, mudarão para sempre a percepção que essa menina de 11 anos tem sobre o mundo e os adultos que a rodeiam. O pai passou por grandes tormentos para se afastar da sociedade, de modo a ultrapassar uma tragédia insuportável. A agora jovem mulher tem de viver com as consequências das terríveis escolhas que fez. E há um detective cuja inteligência é apenas ultrapassada pelo seu sentido de justiça. Escrito sob o ponto de vista de Nicky, agora com 30 anos, que sempre recorda as vívidas imagens daquela fatídica tarde de Dezembro, Luz na Neve é uma história de amor e coragem, de tragédia e redenção, um romance que nos fala das formas que o coração humano sempre encontra para se poder curar.


Opinião:

Não conhecia a autora, tive curiosidade neste livro depois de ver a sinopse, e gostei.
Um livro que nos conta uma historia  extraordinário, tem um enredo simples mas que nos consegue prender a narrativa, ligeira e muito simples  mas muito bem escrito e com uma mensagem bonita.